Ex-criminoso se rende à polícia após oração: “Levei minha Bíblia comigo e me entreguei"

Nenhum comentário
Ex-criminoso se rende à polícia após oração: "Levei minha Bíblia comigo e me entreguei"

Quando Keith Jackson relembra sua trajetória, ele vê um criminoso viciado em álcool e drogas, que foi milagrosamente transformado por Jesus.

Hoje, dirigindo o ministério Teen Challenge no Havaí, ele tem trabalhado para resgatar pessoas que estão à margem da sociedade: viciados em drogas, prostitutas, membros de gangues e moradores de rua.

Jackson passou pela escola dominical da Assembleia de Deus na infância, mas sua vida tomou outro rumo. “Quando entrei no ensino fundamental, comecei a fumar, xingar e beber”, disse à AG News. “Isso se intensificou no ensino médio — comecei a fumar maconha e usar metanfetamina, barbitúricos e LSD”.

Enquanto trabalhava cortando árvores e carregando caminhões na Califórnia, Jackson usava drogas e brigava com a lei. Até que um amigo, traficante de cocaína, disse que havia encontrado Jesus, mas ainda tinha dúvidas. Para ajudá-lo, Jackson pegou alguns materiais antigos da escola dominical.

“Levei as lições para ele e, enquanto bebia cerveja e fumava maconha, ensinei a ele”, lembra Jackson. “Eu não achava que poderia ser salvo naquele momento. Eu tinha feito muitas coisas ruins”.

Mas naquela noite em seu quarto, ainda embriagado, Jackson clamou ao Senhor, pedindo perdão por todos os seus pecados. Quando ele se levantou, Jackson ficou surpreso por estar instantaneamente sóbrio.

No domingo seguinte, ele foi à Assembleia de Deus de West McKinley e pediu forças para superar seus vícios. Nas semanas seguintes, o jovem de 21 anos passou a se aprofundar em sua fé resolveu cumprir os mandados de prisão por embriaguez e perturbar a paz.

“Eu disse ao meu pastor que iria cumprir meu tempo na prisão, mas voltaria”, lembra Jackson. “Levei minha Bíblia comigo e me entreguei”.

Depois de ser libertado, ele voltou para a cadeia para se juntar a um grupo de capelães. Jackson reconheceu amigos que estavam presos e levou um deles à salvação em Cristo.

Ministério de resgate

Jackson conheceu sua esposa, Candy — uma ex-viciada em heroína — no Instituto Teen Challenge Ministry. Em 1993, o casal começou a pastorear a Assembleia de Deus em Lynnwood.

Como pastor, ele organizou um churrasco no bairro da igreja e convidou membros de gangues locais. Cerca de 20 apareceram e um deles, um garoto de 16 anos, entregou sua vida a Cristo. No dia seguinte, ele e outro jovem foram assassinados por um membro de uma gangue rival enquanto voltavam da escola para casa.

Jackson oficiou os funerais e iniciou uma campanha para arrecadar para ajudar as famílias das vítimas. Como forma de agradecimento, os membros das gangues locais começaram a proteger a propriedade da igreja.

Em 2006, ele foi transferido para o Havaí, em meio a uma epidemia de metanfetamina nas ilhas. Viciados, moradores de rua e criminosos em liberdade condicional tornaram-se sua nova congregação.

Fonte: Guia-Me

Nenhum comentário

Postar um comentário