“Sem relacionamento com o Espírito Santo, o diabo nos mantém escravos”, diz ex-satanista

Nenhum comentário
"Sem relacionamento com o Espírito Santo, o diabo nos mantém escravos", diz ex-satanista

O evangelista John Ramirez, conhecido por seu testemunho de libertação do satanismo, acredita que sem um relacionamento íntimo e genuíno com o Espírito Santo, os cristãos não conseguem vencer o medo de sofrer um ataque demoníaco.

“Perdemos nosso relacionamento com o Espírito Santo, e é por isso que estamos sob ataque do diabo e vivendo com medo. Conhecemos todas as outras vozes que surgem em nosso caminho, mas a voz número 1, que é do Espírito Santo, é estranha para nós atualmente”, disse Ramirez ao site Charisma News.

Ramirez, que tem um ministério sobre batalha espiritual há 16 anos, alerta os líderes que estão mais preocupados em “proteger sua auto-imagem no púlpito” do que “libertar os cativos” que preenchem os bancos da igreja.

“As pessoas que foram deixadas no campo de batalha espiritual são aquelas que se sentam nos bancos e estão sangrando espiritualmente. Elas estão sendo atormentadas por demônios de todos os tipos de medo — ansiedade, preocupação, depressão, opressão, doença e assim por diante — e ninguém está voltando ao campo de batalha espiritual para resgatar nossos irmãos e irmãs; porque os edifícios da igreja, nossa auto-imagem e o politicamente correto se tornaram mais importantes do que ir além para destruir as obras do diabo dentro de nossas igrejas”, observa.

“Com o coração partido e lágrimas nos olhos”, Ramirez fez um clamor para que as igrejas despertem e convidem o Espírito Santo de volta aos corações, igrejas e púlpitos.

O evangelista ainda levanta uma questão: como um cristão pode estar em um estado de escravidão demoníaca, se o Reino de Deus não divide território com o reino das trevas? Como resposta, Ramirez diz que “nos afastamos do nosso verdadeiro chamado de ganhar almas e libertar os cativos”.

Ele ainda destaca que, muitas vezes, não quebramos “muros espirituais” porque abandonamos nosso relacionamento com o Espírito Santo. “Por que muitos de nossos irmãos e irmãs, que amam Jesus Cristo de todo o coração, ainda estão em cativeiro? Muitas igrejas têm uma vaga noção de quem é o Espírito Santo”, afirma.

“Sem o Espírito Santo na igreja, os cristãos bem-intencionados podem ir ao culto no domingo, dar ofertas e dízimos, cantar canções de louvor, mas ainda assim permanecerem em cativeiro”, destaca. “Sem um verdadeiro relacionamento e intimidade com o Espírito Santo, o diabo nos manterá escravos do medo, da dúvida e da descrença. Haverá fortalezas em vez de liberdade, e apenas sobreviveremos em vez de prosperarmos como cristãos”.

Fonte: Guia-Me

Nenhum comentário

Postar um comentário