“As crianças celebram porque continuam tendo comida”, diz pastor sobre aldeia no Malawi

Nenhum comentário
"As crianças celebram porque continuam tendo comida", diz pastor sobre aldeia no Malawi

Missionários foram recebidos nesta terça-feira (5) em clima de festa pelas crianças da aldeia de Hatone, na província de Chikwawa, na região sul do Malawi.

Através do Projeto Umodzi, em parceria com a Missão Mãos Estendidas (MME), 102 crianças e adolescentes receberam novos uniformes, materiais escolares, kits de higiene pessoal e outros itens.

Desde o início do projeto, as crianças e adolescentes passaram a receber alimento diariamente. Para eles, esse é um dos grandes motivos de celebração.

“Várias regiões da África, como a aldeia de Hatone, dependem 100% daquilo que conseguimos contribuir. Toda vez que eles nos veem, eles celebram porque continuam tendo comida; porque a comida é escassa nesses lugares”, explica o pastor Marcos Corrêa, diretor do Guiame e coordenador do Projeto Umodzi.

De acordo com Marcos, as crianças e adolescentes tomam café da manhã e almoçam na Umodzi School, de segunda a sábado. “Para a grande maioria deles, as refeições na escola são a única alimentação que eles têm”, observa.

Marcos disse ainda que o pastor Elias Caetano, presidente da MME, separou essa aldeia para o Projeto Umodzi porque, em Hatone, “o índice de orfandade é muito grande”.

Os alunos da Umodzi School levam “muito a sério o ensino, tanto intelectual quanto da Palavra de Deus”, relatou Marcos. Com o aumento do número de estudantes atendidos pelo projeto, ele também falou sobre a necessidade de ampliar a estrutura.

O plano é construir mais duas salas de alvenaria e aumentar o número de carteiras para comportar os novos alunos. A sala construídas de barro e palha serão transformadas em refeitório. “Vemos claramente que está muito diferente da primeira vez”, celebra Marcos.

Para doações e mais informações sobre o projeto Umodzi, entre em contato com o coordenador Marcos Corrêa:

WhatsApp: +55 11 96170-9559
E-mail: projetoumodzi@gmail.com

Fonte: Guia-Me

Nenhum comentário

Postar um comentário