“Deus prometeu sempre cuidar de nós diante de situações difíceis", diz Joyce Meyer

Nenhum comentário
"Deus prometeu sempre cuidar de nós diante de situações difíceis", diz Joyce Meyer

Em uma pregação, Joyce Meyer disse que mostraria uma nova maneira de abordar a vida e situações para ajudar as pessoas tensas, nervosas e preocupadas.

“Eu quero falar sobre manter uma atitude descontraída e tranquila”, disse. “Eu acredito que existe uma tranquilidade santa com a qual podemos viver, não quero dizer que tudo vai ser fácil. Mas, mesmo quando nós enfrentamos coisas difíceis, podemos lidar com elas com uma tranquilidade santa e um relaxado conforto simplesmente porque Deus nunca vai nos deixar ou abandonar.”

Joyce diz que “apesar de nós não sabermos o que fazer agora Deus vai nos mostrar o que fazer no momento certo”.

A pastora disse que se sente confortada em saber que “Deus prometeu sempre cuidar de nós”.

“Eu quero que você receba essa promessa hoje”, afirmou Joyce, que disse ainda que essa palavra de Deus é para todos, e que você “pode ouvir o Senhor falar em seu coração: ‘Eu sempre cuidarei de você’”.

“A Bíblia diz que Deus nunca está atrasado, mas vou dar um passo adiante dizer que ele geralmente não chega cedo também”, afirmou a pregadora, que perguntou: Por que Deus às vezes nos deixa nas situações que ele nos deixa quando ele poderia resolver o problema em um dia?”

Ela explicou que a maneira como desenvolvemos os músculos da fé a confiança em Deus é tendo que usá-la. “Quanto mais você usar sua fé, mas você vai tê-la em sua vida”, declarou.

Joyce conta que ela era muito tensa e facilmente irritável, mesmo como cristã e tendo ministério, e continuava querendo que as pessoas mudassem. “Se você mudar eu posso ser feliz”, era o que pensava

Joyce disse que durante esse pensamento, Deus a mostrou algo, uma revelação e não apenas uma informação. “Joyce, o mundo não vai mudar, e sempre haverá pessoas ao redor que podem ser irritantes, sempre haverá circunstâncias as quais você não está planejando. E, muito pelo contrário, haverá uma possibilidade de que as condições do mundo piorem”.

Ela conta que Deus a ensinou que o que poderia mudar era sua abordagem para estas situações. Mesmo que a situação não mudasse, ela poderia mudar a maneira de abordar a situação, como olhar para situação como pensar durante a situação. “Então tudo muda para mim. A situação não mudou, mas porque eu lidei de forma totalmente diferente [pude administrá-la]”.

 “Temos que escolher nossas batalhas. Não lute uma batalha que você não pode ganhar porque tudo o que você vai fazer é desgastar-se”, aconselhou.

Jesus é nosso exemplo

Joyce diz que o melhor exemplo de alguém que teve uma abordagem diferente da vida é Jesus. “Como ele abordou a vida e lidou com tantas coisas como ser injustamente tratado, ser rejeitado, ser difamado. Ele teve uma abordagem totalmente diferente da maioria de nós”, explicou.

Em Mateus 11:28 a 30, podemos ver uma atitude que Jesus teve e que nós podemos aprender a fazer as coisas do jeito que ele fez. “Quando você toma decisão de ser cristão, é muito mais do que apenas uma promessa de que algum dia irá para o céu. Quando você se torna cristão você é convidado para uma nova maneira de viver, você é convidado a aprender sobre o caminho certo para viver, a maneira pela qual você pode ter paz e alegria”, disse.

Joyce diz que acredita que uma das coisas pelas quais Jesus morreu – além dos nossos pecados e de ter sofrido o nosso castigo, ter tomado a nossa enfermidade sobre si e de termos sido redimidos pelo seu sangue – é que em João 10:10 diz que “o ladrão (diabo) vem apenas para matar, roubar e destruir, mas Jesus disse ‘Eu vim para que eles possam ter e desfrutar a sua vida e desfrutar a sua vida e ter abundância ao máximo, até que ela possa transbordar’”.

Joyce diz que pior que ser um pecador infeliz é duplamente pior ser um santo infeliz. “Os cristãos devem ser simplesmente pacíficos e alegres, e saber quem eles são em Cristo. Nós devemos enfrentar qualquer coisa que vem em nosso caminho e realmente não deixar isso alterar a forma como nos comportamos. Nós devemos crescer até o ponto em que podemos lidar com qualquer coisa que vem nosso caminho, decepção, acusação, tratamento injusto, seja lá o que for. Põe a sua confiança em Deus que ele te mostrará o que fazer e ele vai cuidar da situação e nós permanecemos os mesmos, não ficaremos chateados com tudo que acontece”, disse.

Confiar em Deus

A pastora disse que “nós temos o raro privilégio de poder confiar em Deus e deixar que essas coisas sejam pequenas sacudidelas na nossa estrada e elas não precisam nos descarrilhar”.

“Sou grata por não ter que levantar e esperar para ver quais são as minhas circunstâncias para decidir se posso ser feliz ou não”, disse.

Ela diz que o cristão deve saber que a fonte dos seus problemas não é Deus, mas o diabo e que temos autoridade sobre ele em nome de Cristo. “Ao colocar minha confiança em Deus, o inimigo tem que dobrar o joelho para o nome de Jesus Cristo e isso nos dá a vitória

“Mateus 11 verso 28 diz ‘venham a mim todos vocês que estão cansados e sobrecarregados’, mas dentro que estamos ensinando podemos dizer ‘venham a mim todos vocês que estão nervosos, estressados, ansiosos e preocupados e eu lhe darei descanso. E eu tranquilizar, e aliviarei, e refrigerarei as suas almas’”, disse.

Joyce disse que isso não é como se Deus balançar uma varinha mágica sobre você, mas o que acontece o tempo todo é que Deus nos mostra qual é o problema e como podemos responder de uma maneira diferente, mesmo que esse problema não desapareça.

Ela exemplifica dizendo que Paulo orou para que os cristãos fossem fortes em suas provações e tribulações, que eles continuassem a ser alegres, felizes e estáveis e continuassem a ser testemunhas.

“Ele não estava tentando ensinar as pessoas a chegar num lugar na vida onde não tinha problema. Mas quem elas eram Cristo e que não importava quais fossem seus problemas, elas eram mais que vencedores através de Cristo e ainda podiam ter uma boa atitude e desfrutar a vida”, explicou.

“Você está mal informado sobre o que é um relacionamento com Deus se acha que significa que você não terá problemas. Só significa que Deus irá livrar você das coisas e fazer você passar por elas vitoriosamente, que você pode ter uma vida muito abençoada, uma vida realmente incrível, mas isso não significa que nada virá contra você”, disse.

“Jesus disse venham a mim que eu vou mostrar a você uma nova maneira de viver e uma nova maneira de abordar a vida, assim como uma nova maneira de abordar as situações em mim que irão fazer você descansar, que irão tranquilizar, aliviar e refrigerar suas almas”, ensinou.

Joyce usou o versículo 29 para explicar que Jesus pediu que o jugo fosse tomado para que o cristão aprenda a lidar com todas as situações.

“O que Jesus está dizendo é que não importa em qual circunstância você esteja, a sua alma pode estar de férias – a sua alma é sua mente, sua vontade e suas emoções – muitos de vocês precisam dar a sua mente uma pausa. Você precisa dar suas emoções uma pausa”, disse.

“Existe uma tranquilidade santa que é oferecido a nós na palavra de Deus”, afirma, explicando que Jesus não se importava nem um pouco com que as pessoas pensavam dele. “[Isso também] pode trazer muita tranquilidade santa para nossa vida, porque ninguém é realmente livre, até que não tenha mais a necessidade de impressionar as pessoas”.

“Quando Jesus foi falsamente acusado e Ele nem mesmo tentou se defender... É preciso muito poder para isso”, diz a pregadora, citando 1 Pedro:2-23. “Você vai olhar para esta nova maneira que Jesus está dizendo que você pode viver”, declarou.

“Jesus não estava tentando escalar a escada do sucesso, mas simplesmente agrafar o seu pai”, disse Joyce, aconselhando os cristãos a fazerem o mesmo.

“Sua atitude pertence a você e você é a única pessoa que pode decidir qual vai se a atitude que o caracteriza, a atitude que o torna feliz. Você decide e você só pode mudar a sua vida mudando a sua atitude”, finaliza.

Fonte: Guia-Me

Nenhum comentário

Postar um comentário