No The Send, Daniel Kolenda diz que “um grande tempo de colheita está por vir”

Nenhum comentário
No The Send, Daniel Kolenda diz que "um grande tempo de colheita está por vir"

Acostumado a evangelizar presencialmente multidões na África, Daniel Kolenda, que está à frente do ministério de Reihnard Bonke, ministrou no The Send online, na tarde de sábado (25).

Kolenda iniciou sua pregação falado sobre o atual momento de pandemia vivido pela humanidade. “Eu sei que no mundo inteiro tem muito medo e muita ansiedade, mas estou feliz porque creio que estamos vivendo na maior colheita da história e que Deus está trabalhando em tudo isso”, disse.

O evangelista, do Christ for all Nations (Cristo para as Nações), disse que esta geração verá muitos perdidos entrando para o reino de Deus.

Kolenda disse que é muito bom estar unido a outros colaboradores do Evangelho, mesmo separados por milhares de quilômetros, no The Send. Ele falou também da primeira edição do evento no Brasil, em fevereiro. “O que Deus fez no Brasil foi histórico”, afirmou.

O evangelista disse que o que estamos vivendo agora é algo profético. “Quero te encorajar que um de nossos desejos neste momento online que você pegue o fogo que recebeu no Brasil e que coloque em ação agora, que você vá na sua nação, que você vá na sua cidade e nas nações do mundo proclamar esse Evangelho maravilhoso para este grande tempo de colheita que está por vir”, ministrou.

Kolenda diz que, mesmo o Ministério Cristo para as Nações tendo visto, em 30 anos, mais de 80 milhões de pessoas se entregarem a Jesus, ele acredita que a maior colheita ainda está por vir. “O Senhor falou comigo a um tempo atrás que é tempo de multiplicar a colheita”, revelou.

Para trabalhar nessa visão, Kolenda disse que haverá um treinando para jovens missionários e que os interessados em participar do curso podem se cadastrar online (escoladeevangelismo.com.br). As aulas começam em janeiro de 2021 e durarão três meses, explicou.

Kolenda disse que essa é uma iniciativa para envio de jovens para as nações neste período de grande colheita. “Estamos chamando para um evangelismo em massa, pra cruzadas de evangelismo”, disse.

O evangelista disse que o que está acontecendo hoje, com a pandemia de coronavírus, nunca aconteceu antes e que as pessoas estão perguntando se são os últimos dias. “A minha resposta a elas é sim, com certeza. Levante os seus olhos, o fim está perto, mas mesmo que Jesus volte só daqui há dois mil anos, esses são os seus últimos dias, porque você não tem dois mil anos pela frente”, alerta Kolenda.

Citando João 9, Kolenda estimula as pessoas a voltarem suas vidas para Deus e fazer isso hoje, “enquanto é dia, porque a noite vem, quando nenhum homem poderá trabalhar”. Ele lembra que nos dias de Noé todos ignoravam sua mensagem e viviam normalmente, comendo e bebendo. “Mas o dia em que Noé entrou na arca a porta se fechou, a chuva começou a descer e a noite veio”, disse.

“Se você está tentando decifrar o que está acontecendo no mundo, eu creio que Deus está nos dando uma janela de oportunidade. O coronavírus não é o fim do mundo, mas a noite vem”, disse.

O evangelista falou que o mundo não é estável como pensávamos que fosse e que isso serve para que as pessoas se voltem para Deus. Kolenda disse que algumas pessoas precisavam de uma chamada forte de Deus para entregar seu coração a Ele.

“Estamos numa noite escura, mas virão muitas outras piores”. Agora é o tempo da salvação. Se você ouvir a voz de Deus não endureça seu coração”, disse.

Fonte: Guia-Me

Nenhum comentário

Postar um comentário