Teólogo diz que pragas são previstas pelo Apocalipse: “Esta pandemia é só uma prévia”

Nenhum comentário
Teólogo diz que pragas são previstas pelo Apocalipse: "Esta pandemia é só uma prévia"

O pastor e professor do Seminário Teológico de Dallas, Mark Hitchcock, acredita que a pandemia de coronavírus é apenas um “prenúncio muito sério” do que está por vir no fim dos tempos.

Hitchcock, que é autor de mais de 30 livros relacionados ao fim dos tempos, disse ao site The Christian Post que as Escrituras são claras: “Haverá epidemias no fim dos tempos”.

Ele citou Lucas 2:11, Apocalipse 6:8 e a profecia dos quatro cavaleiros do Apocalipse, onde o quarto cavaleiro mata um quarto da população da Terra “pela espada, pela fome, por pragas e por meio dos animais selvagens”.

“De fato, as Escrituras nos dizem que essas pragas matarão 25% das pessoas no mundo. Terá literalmente proporções bíblicas”, disse o professor.

Embora ele não acredite que o Covid-19 seja uma das pragas mencionadas na Bíblia — ele afirma que estas acontecerão durante a tribulação no futuro — ele vê a pandemia como uma “prévia do que está por vir”.

“É um alerta para que as pessoas venham a Cristo diante do que está por vir no futuro, o que será muito pior”, disse ele. “É um prenúncio muito sério do que está por vir”.

O pastor observa que a forma como o coronavírus se espalhou mostra o quanto o mundo está globalizado. “Começou com uma pessoa na China e agora está em cerca de 190 países. É também uma imagem de quão pequeno é nosso mundo hoje e como as coisas são criadas para o governante do mundo, o anticristo, que está por vir. Vejo muitos prenúncios no coronavírus, mas não vejo isso como um cumprimento de uma profecia específica”.

Ainda assim, Hitchcock, que também é pastor da Faith Bible Church, em Oklahoma, disse que vários acontecimentos importantes mostram que o fim dos tempos está próximo.

“Tantas coisas estão acontecendo em nosso mundo hoje: Israel está de volta em suas terras, o Oriente Médio está constantemente em turbulência, o globalismo está ocorrendo - todas essas coisas são sinalizações e apontam para o que a Bíblia prevê sobre a breve vinda de Cristo”, disse. “Nós não sabemos quando Ele virá; pode ser hoje, pode ser daqui a cinco anos”.

“Mas acho que deve criar dentro de nós um sentimento de urgência em se acertar com Deus e contar aos outros as Boas Novas, para que eles também possam se acertar com Deus”, acrescenta.

Em meio ao caos, Deus está no trono

A pandemia desmascarou “o quão realmente a vida é frágil e passageira”.

“As pessoas estão dizendo: ‘As coisas agora são tão incertas’. Bem, a ideia de certeza e controle que achamos que temos é realmente uma ilusão”, afirmou. “Achamos que as coisas são certas; achamos que temos algum grau de controle. Mas em tempos como esses, a máscara é retirada, nos revelando que as coisas nem sempre são certas e que realmente não temos controle”.

Embora o tema do fim dos tempos possa parecer “assustador” para alguns, Hitchcock enfatizou que “Deus não nos deu a profecia bíblica para nos assustar, mas para nos preparar".

Em tempos de caos, o pastor diz que é importante lembrar que Deus continua no trono. “Ver as coisas se desenrolando da forma como a Bíblia disse me dá grande confiança de que Deus está no controle e as coisas estão funcionando de acordo com o Seu plano”, disse.

“Sim, vai piorar antes de melhorar, mas a esperança que temos é que Deus leve as coisas ao ápice. Enquanto isso, nosso trabalho é ser fiel a Ele no mundo, na rotina da vida, vivendo uma vida agradável ​​a Deus”, aconselha.

Fonte: Guia-Me

Nenhum comentário

Postar um comentário