Coronavírus: pastor decide suspender cultos presenciais até 2021

Nenhum comentário
Coronavírus: pastor decide suspender cultos presenciais até 2021

Andy Stanley, líder da igreja comunitária North Point, em Alpharetta, na Geórgia, EUA, anunciou que os cultos presenciais foram suspensos até 2021, porque ele não pode garantir a segurança dos membros devido ao aumento das infecções por coronavírus.

“Com base no aumento nos casos COVID-19, nos resultados de nossas pesquisas com participantes e nas experiências de igrejas que já foram reabertas, decidimos suspender pessoalmente os cultos de adoração pelo restante do ano”, anunciou Stanley no Facebook .

Ele explicou que era uma decisão difícil de tomar, pois a igreja esperava começar a se reunir novamente em 9 de agosto, mas a pandemia interrompeu esse plano.

“Agora, como você poderia imaginar, essa não foi uma decisão casual. De fato, em maio, quando anunciamos uma possível reabertura em 9 de agosto, os números do COVID estavam na verdade indo na direção certa. Isso mudou. Consequentemente, não podemos garantir sua segurança e isso é uma grande parte dessa decisão ”, disse Stanley. “Mesmo se reabríssemos, certamente não seríamos capazes de criar uma experiência de adoração de qualidade para adultos ou crianças com os protocolos de distanciamento social em vigor”.

Ele observou que está ciente de que algumas pessoas podem julgar sua fé pela decisão de apoiá-lo, mas explicou que ele estudou a experiência de megaigrejas ​​que tentaram reabrir nas últimas semanas.

“Isso se baseia na experiência de outras igrejas de tamanho semelhante em todo o país, que foram reabertas há duas ou até três semanas. Se abrirmos e um voluntário, criança, estudante ou adulto que comparecer a qualquer um de nossos ambientes for positivo após o fato, somos responsáveis ​​por fazer todo o rastreamento do contrato. E isso seria a coisa certa a se fazer, seria a coisa responsável a se fazer, mas seria praticamente uma coisa impossível de se fazer ”, disse Stanley.

“Se você faz parte de qualquer uma de nossas igrejas há algum tempo, pode imaginar o quão difícil, novamente quase impossível, seria e honestamente, esse é apenas um dos vários fatores imprevistos nos quais outras igrejas estão enfrentando. Então a verdade é que tenho muita fé. Tenho tanta fé que estou absolutamente confiante de que a Igreja e nossas igrejas locais não apenas sobreviverão a isso, mas acho que, em última análise, vamos prosperar como resultado. ”

Enquanto há sete semanas atrás, não havia líderes de igrejas que indicassem que esperariam até 2021 para iniciar cultos presenciais em seus edifícios, os dados mais recentes da pesquisa do Barna Church Pulse mostram que pelo menos 5% dos pastores estão alinhados com a decisão de Stanley. Cerca de um quarto planeja abrir julho-agosto e 21% planejam reiniciar os serviços pessoalmente em setembro-dezembro. Quarenta e nove por cento dos pastores disseram que já estavam realizando serviços presenciais em 14 de julho.

Fonte: Folha Gospel com informações de The Christian Post

Nenhum comentário

Postar um comentário