Morre pastor presidente das Assembleias de Deus em Mato Grosso, vítima da Covid-19

Nenhum comentário
Morre pastor presidente das Assembleias de Deus em Mato Grosso, vítima da Covid-19

Morreu na manhã de quarta-feira, 8 de julho, em Cuiabá, o pastor Sebastião Rodrigues de Souza, presidente da igreja Assembleia de Deus em Mato Grosso. Ele tinha 89 anos, lutava contra a Covid-19 e estava internado, há 5 dias, na UTI de um hospital particular.

Ele morreu cinco dias depois do filho dele, também pastor da mesma igreja, Rubens Siro de Souza, de 68 anos.

No final de junho, a Assembleia de Deus em Mato Grosso suspendeu os cultos após o pastor presidente Sebastião Rodrigues de Souza, de 89 anos, sua esposa Nilda de Paula, 85 anos e seu filho, o pastor Rubens Ciro de Souza, 62 anos serem diagnosticados com a covid-19.

A pastora Nilda de Paula foi curada e teve alta médica na terça-feira (7).

Pai e filho estavam internados desde o final do mês de junho na Unidade de Terapia (UTI) de um hospital particular, em Cuiabá.

O pastor José Wellington, presidente da CGADB (Convenção Geral das Assembleia de Deus no Brasil) lamentou a morte do pastor Sebastião Rodrigues, ex-presidente da CGADB, na sua conta do Instagram. 

Leia abaixo:

Faleceu por volta das 8:45h desta quarta-feira, 08 de julho de 2020
Cumprimos com extrema tristeza, o dever de informar aos Assembleianos de todo Brasil, que foi chamado ao descanso eterno na manhã desta triste quarta-feira, 08 de julho de 2020, um dos baluartes das Assembleias de Deus no Brasil, O PASTOR SEBASTIÃO RODRIGUES DE SOUZA, em decorrência da covid-19.

Sebastião Rodrigues de Souza, nascido no dia 11 de agosto de 1931, na fazenda de seus avós maternos, próximo a cidade de Pirajuba (MG), onde foi batizado aos 17 e permaneceu até seus 27 anos. Filho de José Antonio de Souza e Maria Abadia Rodrigues.

No ano de 1947, Sebastião encontra Nilda na cidade de Pirajuba, casam-se em 1949 e permanecem na cidade até 1958, quando partem para Frutal (MG) onde Sebastião é Consagrado ao diaconato em 1959, ficaram na cidade até 1961, depois seguiram para Ituiutaba (MG), e depois para Capinópolis (MG), onde foi consagrado ao presbitério em 1962, chegando ao pastorado em 1965. Iniciando com forte apoio de sua digníssima esposa, a carreia pastoral, a qual tem como currículo, a direção e a presidência de várias igrejas, como as do campo de Campinópolis (MG), Ituiutaba (MG), Igarapava (SP), Votuporanga (SP) e Cuiabá (MT), sendo hoje pastor presidente das Assembleias de Deus do Estado de Mato Grosso há mais de 45 anos.

De 1993 a 1995 foi presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil, de 1995 para cá, vinha servindo fielmente como vice-presidente.

No último dia 04 foi sepultado seu filho, pastor Rubens Siro de Souza; hoje deixa viúva a irmã Nilda, que recebeu ontem (7), alta hospitalar após contrair também a covid-19; os filhos Silas, Silene e Abilio. Noras, genros, netos, bisnetos e tataranetos.

A União de Mocidade das Assembleias de Deus de Cuiabá e Região (Umadecre) fez uma postagem no Facebook lamentando a morte do pastor.

O governador Mauro Mendes manifestou pesar. “Mato Grosso amanhece de luto. O pastor Sebastião, líder da Assembleia de Deus no estado, morreu vítima da covid-19. Dias atrás, a doença também vitimou seu filho, o pastor Rubens. O pastor Sebastião liderou a Assembleia de Deus por quase 50 anos em Mato Grosso e sua morte entristece a todos nós. Tinha por ele uma grande admiração pelo líder e homem de Deus que ele sempre foi. Sua igreja e a sua fé permanecerão vivos para sempre. Eu e minha esposa Virginia Mendes estamos em oração para que Deus conforte o coração dos familiares, amigos e dos milhares de fiéis”, declarou.

A deputada estadual Janaina Riva, vice-presidente da Assembleia Legislativa, lembrou que pastor Sebastião “lançou a pedra fundamental da Assembleia de Deus em Juara (300 km de Sinop), minha cidade natal. Foi a maior liderança religiosa entre os evangélicos nas últimas décadas em Mato Grosso”, definiu. “O pastor Sebastião era uma referência no Brasil, um homem que dedicou a sua vida à obra de Deus. Aos familiares externo meus sinceros sentimentos de pesar. Que Deus conforte o coração de vocês. Oremos por ele e por todas vítimas da Covid19”, concluiu.

O deputado Thiago Silva destacou os “45 anos de ministério em Mato Grosso, dedicou a sua vida a obra de Deus e o fortalecimento e expansão dos trabalhos de evangelização da igreja Assembléia de Deus em todos os municípios de Mato Grosso, sendo o nosso maior exemplo de fé, amor ao próximo e dedicação a obra de Deus. Como membro da Igreja Assembleia, peço a Deus o conforto aos familiares e prestamos as nossas sinceras condolências neste momento de dor”.

O senador Carlos Favaro (PSD) manifestou pesar, através das redes sociais. “Mais um dia que começa com tristeza, com dor. Perdemos o pastor Sebastião, uma grande liderança, que levava a palavra de Deus a todos”, disse.

Fonte: Só Notícias e G1

Nenhum comentário

Postar um comentário