‘Covid-19 é oportunidade para pregar Evangelho no Paquistão’, mostram missionários

Nenhum comentário
‘Covid-19 é oportunidade para pregar Evangelho no Paquistão’, mostram missionários

Na província de Sindh, no sul do Paquistão, uma equipe de evangelistas rurais percorre as aldeias compartilhando histórias da vida de Jesus. Eles costumam passar a noite contando parábolas de Jesus quando os trabalhadores terminam seu trabalho nos campos. A Covid-19 abriu oportunidades para esses evangelistas levar a mensagem do Evangelho na região.

Mesmo tendo expulsado os fazendeiros de seus campos, a pandemia não impediu os evangelistas de espalhar o Evangelho no local. Na verdade, os aldeões estavam com muito mais tempo disponível do que antes e ouviam de bom grado os pregadores visitantes.

Recentemente, 25 pessoas foram batizadas por meio desse trabalho e muitos mais acreditaram no Evangelho e aguardam a chance de serem batizados.

Fornecer a Bíblia onde não está disponível é uma das principais atividades ministerial do Pakistan Outreach. “Esses rapazes e moças deram suas vidas a Jesus e foram batizados hoje. Eles não possuíam uma Bíblia antes de hoje. Estamos fornecendo a eles uma Bíblia para que possam ler a Palavra e continuar a crescer na fé”, diz o grupo missionário.

No Punjab, fronteira com o Paquistão e coração da comunidade Sikh da Índia, há famílias que vivem e trabalham em olarias. Muitos são trabalhadores em regime de servidão, efetivamente escravos por dívidas ao proprietário da fábrica. Quando a Covid-19 chegou, o governo fechou as escolas do país, resultando em novas oportunidades para os missionários alcançarem as crianças que não estavam na sala de aula.

Em 25 dessas fábricas de tijolos, cerca de 450 crianças estão ouvindo o Evangelho, eles dizem. Em breve as escolas serão reabertas, mas espera-se que essas conexões sirvam de base para o estabelecimento de uma forma básica de educação em cada uma das fábricas. “Essas crianças também aprenderão habilidades que podem capacitá-las a escapar do ciclo de pobreza e servidão. E acima de tudo, eles vão ouvir Aquele que nos torna verdadeiramente livres: Jesus!”

Fonte: Guiame

Nenhum comentário

Postar um comentário