Morre Cleusa Piragine, líder da Primeira Igreja Batista de Curitiba

Nenhum comentário
Morre Cleusa Piragine, líder da Primeira Igreja Batista de Curitiba

Aos 63 anos, morreu na quarta-feira (25) Cleusa Ferreira Piragine, mulher do pastor titular da Primeira Igreja Batista (PIB) de Curitiba, Paschoal Piragine. 

Cleusa enfrentava uma doença degenerativa autoimune há nove anos e foi levada à UTI devido a um agravamento do quadro. Ela faleceu por volta das 7h30, após uma piora por insuficiência respiratória.

Ao lado do marido, Cleusa esteve à frente da PIB de Curitiba pelos últimos 33 anos. “Ela ensinou uma igreja inteira a se colocar de joelhos na presença de Deus”, diz comunicado divulgado pela PIB. “Nos mais de vinte anos em que esteve presencialmente nos cultos da Primeira Igreja Batista de Curitiba, Cleusa Ferreira Piragine dirigia os momentos de oração sempre citando Efésios 3.20,21, trecho que se tornou referência para toda a congregação”.

O velório e culto de ação de graças pela vida de Cleusa aconteceu nesta quinta-feira (26), às 12h, no Templo da PIB Curitiba. O culto religioso também é transmitido nas redes sociais da PIB Curitiba e na TV Rede Super canal 31.1.

Cleusa chegou em Curitiba há 33 anos, vinda da cidade de São Paulo, com os filhos Michel e Kelly ainda pequenos. Esteve à frente da igreja ao lado do marido, o pastor Paschoal Piragine Júnior.

No recado em que comunica a despedida, a família lembra a todos que Cleusa “encontrou o Senhor e Salvador da sua vida”. “Nossos corações estão completamente partidos, mas eternamente gratos por termos convivido com ela, o amor encarnado. Ela continuará a viver todos os dias, em cada um de nós!” 

Fonte: Guiame

Nenhum comentário

Postar um comentário