Padre é preso após roubar dinheiro de igreja e gastar com festas e drogas

Nenhum comentário
Padre é preso após roubar dinheiro de igreja e gastar com festas e drogas

A polícia da Itália determinou a prisão domiciliar do padre italiano Francesco Spagnesi, de 40 anos, suspeito de roubar mais de 85 mil libras esterlinas (cerca de R $ 617,7 mil) de ofertas à igreja que liderava em Florença. O dinheiro teria sido usado para custear festas de sexo com homossexuais, movidas a diversas drogas, na casa do pároco.

Segundo informações do jornal The Times, como investigações após as autoridades descobrirem que um colega de apartamento do padre importou um litro de ecstasy líquido da Holanda. Ao realizarem buscas na casa, foram encontradas garrafas de alumínio adaptadas como cachimbos de crack.

Além disso, o contador da paróquia liderada por Spagnesi, notou um desfalque de dinheiro nos cofres da igreja. O contador bloqueou o acesso ao local do dinheiro, mas, para a polícia, Spagnesi continuou adquirindo dinheiro a partir das ofertas dadas pelos fiéis durante as missas.

O clérico também solicitados fundos dos membros mais ricos da igreja, alegando que o valor seria transferido para famílias com menos recursos.

Durante seu interrogatório, o padre afirmou que o montante desviado havia sido usado para as pessoas auxiliares de renda baixa, mas posteriormente reconheceu que a dependência de drogas.

Segundo seu advogado, ele confessou que roubou o valor e que fornecia drogas nas orgias realizadas em sua casa. A polícia ouve ainda centenas de pessoas que participam das festas.

Fonte: Diário da Amazônia e Metrópoles

Nenhum comentário

Postar um comentário