“Mulher, use sua influência para aproximar sua casa de Deus”, aconselha pastor

Nenhum comentário
“Mulher, use sua influência para aproximar sua casa de Deus”, aconselha pastor

O pastor Joel Engel fez uma reflexão sobre o valor da mulher através da história da mulher sunamita, que se tornou um exemplo de uma vida restituída por Deus.

“Deus quer restituir os anos que foram consumidos pelos gafanhotos”, declarou Engel em culto na terça-feira (7), em Santa Maria, no Rio Grande do Sul.

A Bíblia descreve a mulher sunamita, que não teve o nome revelado, como uma "mulher rica" na cidade de Suném. Ela foi um exemplo de hospitalidade ao receber em sua casa o profeta Eliseu, a ponto de construir um quarto onde ele poderia ficar sempre que estivesse na cidade. 

2 Reis 4 mostra que, certo dia, Eliseu perguntou à mulher: O que podemos fazer pela senhora? Ela, no entanto, respondeu: Eu estou bem. “Essa mulher não se queixou da vida. Ela estava contente mesmo sem realizar seu sonho”, observa o pastor Engel. 

O ajudante do profeta, Geazi, reparou que ela não tinha filhos. Eliseu então profetizou que ela teria uma criança — a profecia se cumpriu e ela deu à luz um ano depois.

No entanto, quando seu filho cresceu, ele ficou doente e morreu. A mulher pediu ajuda a Eliseu e o menino foi trazido de volta à vida. Trazendo uma aplicação prática, Engel ensina: “Você pode salvar sua casa, seus filhos, sua família”

“Você pode ser como a sunamita, pode ser um instrumento de Deus para trazer restituição à sua casa”, continua o pastor. “Mulheres oraram por filhos que foram mortos, e eles foram ressuscitados. Oraram por filhos perdidos, e eles foram achados. Oraram por filhos que não poderiam ter, e Deus deu. Você que é mulher tem um poder dado por Deus.”

Mais a frente, a mulher de Suném ouve um conselho de Eliseu e resolve passar sete anos na Filisteia para evitar a fome. Passado esse tempo, ela voltou à sua cidade e descobriu que não tinha mais posse de sua casa e terra. 

Ela então apelou ao rei Jorão, que decretou a seguinte ordem: “Faça com que lhe seja restituído tudo o que era dela, inclusive todas as rendas do campo desde o dia em que deixou a terra até agora” (2 Reis 8:6).

“Deus recompensou essa mulher e deu não apenas a restituição de seu filho, mas também restituiu-lhe a honra”, comenta o pastor. “A honra é a primeira coisa que o inimigo ataca quando vem com os gafanhotos, porque esse é um dos únicos tesouros que podemos passar aos nossos filhos.”

Poder da mulher

Engel lembra que a mulher tem um poder de influência único em sua casa. “Atrás de um grande homem há uma mulher maior ainda”, ensina. “A intercessora é o espelho da casa.”

“Essa mulher trouxe o marido para Deus. Uma mulher pode levar o marido para onde quiser — seja para o bem ou mal”, continua o pastor. “Mulher, leve o seu marido para Deus.”

Por fim, Engel também deixa uma mensagem de fé: “Assim como a mulher bateu na porta do rei, bata na porta de Deus. E você verá, pela fé, Deus decretando a restituição do que foi perdido nos últimos anos.”

“O que ela não deixou de colher em sete anos não estava perdido, estava guardado no armazém de Deus”, destaca o pastor.

Fonte: Guiame

Nenhum comentário

Postar um comentário