Falso pastor aplica 'golpe da oração' até em hospitais, arrecada quase R$ 20 mil, mas acaba sendo preso

Nenhum comentário
Falso pastor aplica 'golpe da oração' até em hospitais, arrecada quase R$ 20 mil, mas acaba sendo preso

Campos - O segundo mandamento da Lei de Deus diz para "não usar seu santo nome em vão". Mas, um homem de iniciais A.M.S. não deu importância, tentou se passar por pastor, porém, se deu mal. O caso aconteceu em Campos dos Goytacazes (RJ). O espertalhão já tinha contra ele um mandado de busca pela prática de estelionato.

O falso pastor foi preso na tarde de sábado (5), na Avenida Pelinca – bairro nobre na área central - por policiais militares da Segurança Presente, depois de ter aplicado o "golpe da oração" em estabelecimentos comerciais, hospitais e clínicas, pedindo ajuda, sob alegação de que seria para tratamento da saúde de um filho.

Antes de pedir dinheiro, o falso pastor convidava as vítimas a orar e acabava conseguindo comovê-las; no entanto, nem todos se convenceram e o golpista foi denunciado. Ao ser preso por policiais militares, ele guardava em um dos bolsos da calça a quantia de R$ 1 mil.

A delegada da 134 Delegacia de Polícia, Natália Patrão, comandou a operação e, após consulta no sistema, descobriu que A.M.S. já estava sendo procurado, "com um mandado de prisão a desfavor pelos crimes de estelionato e furto". O suspeito acabou confessando os golpes e revelou haver deixado uma mochila com cerca de R$ 18 mil no Guarda Volumes da Rodoviária do Shopping Estrada.

Na verdade, foram encontrados R$ 18.500 em meio a várias peças de roupas. O falso pastor e o dinheiro apreendido foram encaminhados para a Delegacia de Polícia, onde a delegada o interrogou, registrou o fato e manteve a prisão.

Fonte: O Dia


Nenhum comentário

Postar um comentário