“Deus está à procura de pessoas que honrem sua aliança”, diz pastor

Nenhum comentário
“Deus está à procura de pessoas que honrem sua aliança”, diz pastor

Em toda a Bíblia, desde o Antigo até o Novo Testamento, Deus se relaciona com seu povo através de alianças. No culto desta terça-feira (2), o pastor Joel Engel falou sobre diferentes aspectos da aliança com Deus e a importância de se manter fiel a ela.

“Quando falamos em aliança com Deus, falamos de um casamento: Deus com a sua noiva. Era isso que Deus pretendia quando buscou seu povo no Egito”, explicou Engel.

Sendo assim, o pastor destaca três aspectos da aliança com Deus: a aliança de honra, a aliança de fidelidade e a aliança de generosidade.

Aliança de honra

Engel ensina que a honra é uma chave bíblica que libera bênçãos, mas a falta de honra também gera consequências. “A primeira desonra na terra foi no paraíso, quando o homem desonrou a Deus”, alertou. “Deus está à procura de pessoas de honra.”

Enquanto os hebreus ainda estavam no Egito, Engel observa que o povo honrou a Deus com um cordeiro, e isso liberou bênçãos grandiosas.

“O que tirou o povo do Egito foi a aliança de honra. Quando Deus pediu a eles um cordeiro e eles trouxeram, eles mostram um ato de obediência a Deus. O segredo do início da caminhada é esse”, afirma o pastor.

Em outro momento, Engel ensinou que a semente desta aliança é o sacrifício. “Tudo começa com sacrifício. Deus não começou a criação do universo sem primeiro consagrar o Cordeiro”, disse.

“Quando o povo entregou o cordeiro para Deus, Deus entregou o Seu cordeiro, Jesus Cristo, para a humanidade. O povo deu um passo, Deus deu outro passo”, acrescentou.

Aliança de fidelidade

Segundo o pastor, “esse é o tipo de aliança que te mantém no deserto”. A aliança de fidelidade está relacionada à terra onde você planta, ou seja, o dízimo apresentado diante de Deus.

“Muitos morrem no deserto por não estar com a sua aliança de fidelidade. O dízimo te protege no deserto”, explica. “Aliança de fidelidade fala do seu dízimo, e onde você o entrega é a terra.”

Aliança de generosidade

Engel compara a aliança de generosidade à água, um símbolo que representa a oração. “A hidratação é o seu relacionamento com Deus”, ilustrou.

Ele destaca que de nada vale apresentar a Deus sacrifícios e ofertas sem ter uma vida de relacionamento com o Senhor: “A semente, sem ser plantada, não dá colheita. Por isso, é preciso lançar a semente na terra. Mas a terra precisa ser regada com água”.

O pastor também chama a atenção para a necessidade de ter um coração disposto a ajudar. “Se Deus te abençoou e te encheu de bens, seja generoso. É hora de você abençoar as pessoas ao seu lado”, afirmou.

“Quando você chega diante do altar, você chega com as mãos cheias de gratidão e entrega as suas sementes. A semente plantada no lugar certo te dá uma colheita próspera”, continuou.

Por fim, Engel fala da importância de manter a aliança com Deus acima de qualquer proposta terrena. “O segredo do povo de Israel é a aliança com Deus. Quando quebra-se a aliança, quebra-se as promessas”, alertou.

“Hoje as pessoas não honram mais seus compromissos, sua palavra e seus votos com Deus. Por isso, recomece! Acerte e renove a sua aliança com o Senhor”, finalizou.

Fonte: Guiame 

Nenhum comentário

Postar um comentário