Pastor da Hillsong fala sobre sua recuperação do coronavírus: “A esperança está em Jesus”

Nenhum comentário
Pastor da Hillsong fala sobre sua recuperação do coronavírus: "A esperança está em Jesus"

O pastor Carl Lentz, da Hillsong Nova York, batizou Justin Bieber e conta com várias celebridades como alguns de seus membros da igreja. Mas há algumas semanas, Carl testou positivo para o coronavírus e alertou que a doença que se espalha rapidamente é "50 vezes pior que uma gripe".

Ele está se recuperando, contou que está “bem melhor e muito grato por isso” e disse à jornalista Wendy Griffith, da CBN News, que Deus mudará essa situação para o bem da igreja.

Carl explicou que durante dois dias sentiu seu corpo fraco, mas por não apresentar sintomas comuns ao coronavírus, hesitou em ir ao hospital.

"Foi logo após o final de semana em que toda a situação de quarentena começou. Era uma segunda-feira, nós havíamos acabado de filmar algumas coisas para a quinta-feira seguinte na nossa igreja. Naquele final de semana eu estava me sentindo bem, mas na segunda-feira eu comecei a sentir meu corpo fraco, de uma maneira que dava para ver que não era normal", contou.

Então, após a fraqueza se manter por dois dias, ele decidiu pedir a ajuda de alguns amigos para levá-lo ao hospital.

"Eu sabia que algo estava acontecendo, mas conseguia manter a minha temperatura, não tive febre. Então, depois de dois dias me sentindo assim, percebi que precisava ligar para algum amigo que me ajudasse. Realmente formamos um 'exército' para ir ao hospital e fazer esse exame", disse. "O teste deu positivo [para coronavírus], então eu passei as duas semanas e meia seguintes tentando me recuperar".

Carl confessou que apesar de todo o transtorno gerado pela recuperação, ele sente-se “abençoado” por poder passar por isso e assim poder conhecer a dor de quem lida com a doença para poder confortar essas pessoas.

"Deus tem sido gracioso e é uma bênção estar desse lado da situação, e assim poder encorajar pessoas que estejam assustadas com isso ou lutando contra isso", contou..

Lentz é pastor da Hillsong em Nova York, onde o vírus tem se manifestado com mais gravidade. Ele já chegou a pregar dois sermões online, ainda infectado e quando questionado sobre as passagens bíblicas que mais o têm marcado atualmente, falou em João 16:33.

"Eu estou vivendo e me apoiando nas palavras de Jesus, que dizem: 'Neste mundo vocês terão aflições; contudo, tenham ânimo! Eu venci o mundo'. Isso é tudo o que temos agora".

"Isso é o que temos tentado expressar à nossa igreja: 'Não podemos fugir disso, porque somos chamados a ser luz nisso, mas nossa esperança está em Jesus'. Isso não depende se você está com o vírus ou não; se você perde o seu emprego ou não", destacou.

Carl então lembrou que o coronavírus traz consigo um chamado à reflexão.

"É um chamado à realidade que precisamos olhar para a nossa fé novamente e refletir sobre a questão de que há a igreja, a comunhão, celebração, mas essas coisas não trazem consigo um desafio", lembrou.

"Eu sei que todos enfrentam desafios, mas isso [pandemia do coronavírus] realmente abre os nossos olhos para o nosso relacionamento com Jesus. Sobre o quê ele está construído? Está construído sobre coisas ou sobre o fato de que ainda que eu esteja doente, infectado, ainda que eu perca meu emprego, ainda que eu não entenda, continuo acreditando que Deus é fiel?", afirmou.

Fonte: Guia-Me

Nenhum comentário

Postar um comentário