Igrejas que promovem um 'cristianismo superficial' estão sendo expostas, diz John MacArthur

Nenhum comentário
Igrejas que promovem um 'cristianismo superficial' estão sendo expostas, diz John MacArthur

As igrejas que apoiam uma cultura de “cristianismo superficial” estão sendo expostas e tendo dificuldade em manter sua plataforma, segundo o pastor americano John MacArthur.

Falando no púlpito da Grace Community Church na Califórnia, MacArthur sugeriu que a pandemia combinada com o avanço da internet no ministério levou a uma “peneira e mudança”.

“Tivemos, por décadas, pessoas tentando criar um cristianismo cultural que atraísse os não crentes, que aceitava a imoralidade, aceitava a homossexualidade, aceitava o ódio racial”, disse ele no domingo passado (17).

“Havia uma espécie de cristianismo superficial e raso que diluía o Evangelho, não falava sobre o pecado, tentava transmitir uma mensagem positiva. E teve muito sucesso. E eu entendo porque lutei contra isso por quase todo o tempo que estive aqui”, acrescentou o pastor.

MacArthur disse que sua principal mensagem é chamar a Igreja ao arrependimento, mas teve dificuldades porque “o cristianismo superficial deu muito dinheiro” e “elevou muitos charlatões”.

“Foi um sucesso. As maiores igrejas da América fazem parte disso. Era muito difícil chamar as pessoas à fidelidade quando você podia ser tão corrupto e tão bem-sucedido na religião cristã. Essa foi a batalha. Agora eu acho que há um peneiramento e uma mudança”, afirmou.

O pastor observou que os falsos profetas estão tendo dificuldades em esconder seus pecados com a internet. “Estamos vendo um após o outro após o outro. Mortos e vivos”, disse MacArthur.

“Eu olho para tudo isso e penso: se não fosse por Jesus Cristo, eu não iria convencer ninguém a entrar no cristianismo. Pregamos Cristo, certo? E você é atraído por Ele, certo? Mas se há pessoas lá fora olhando para o cristianismo, tem que ser pouco convidativo, talvez até repulsivo. Quem são essas pessoas? Ricas, imorais, corruptas, narcisistas. Se não fosse por Jesus Cristo, o cristianismo não teria apelo”, continuou.

Igreja e pandemia

MacArthur também comentou sobre a situação da Grace Community Church durante a pandemia, que desafiou as restrições do governo da Califórnia e decidiu permanecer aberta, apesar das multas e ações judiciais.

“No meio do processo, o Senhor fez nossa igreja crescer. Esta era uma pequena igreja local até chegar a Covid-19. Mil novos membros, batismos”, observou o pastor.

Ele disse ainda que, embora a igreja não tenha coletado ofertas nos últimos 10 meses, os membros “deram mais nos últimos 10 meses do que em qualquer período na história desta igreja”.

“Pessoas vêm de toda a América, vêm de toda região oeste, todos os domingos para estar com a gente. Alguns de vocês só vieram aqui porque era a única igreja aberta e descobriram que não era apenas uma igreja aberta. Era uma igreja que apresentava o Evangelho e a Palavra de Deus”, disse ele.

Fonte: Guiame

Nenhum comentário

Postar um comentário