Há um movimento para tirar a influência da Palavra de Deus da cultura, alerta Mike Bickle

Nenhum comentário
Há um movimento para tirar a influência da Palavra de Deus da cultura, alerta Mike Bickle

A cultura do cancelamento está fortemente presente no ambiente online e, cada vez mais, os cristãos têm sido alvo dela. Opiniões conservadores podem ser alvo de ferramentas das redes sociais, sendo excluídas, bloqueadas e banidas da plataforma.

O pastor Mike Bickle, fundador da Casa Internacional de Oração (IHOPKC), diz que os cristãos não deveriam ficar surpresos, pois esta situação foi profetizada em Salmos 2, que diz: “Os reis da terra tomam posição e os governantes conspiram unidos contra o Senhor e contra o seu ungido, e dizem: ‘Façamos em pedaços as suas correntes, lancemos de nós as suas algemas!’”

“Existem duas categorias diferentes de crise”, disse Bickle ao podcast ‎Strang Report. “Há uma crise externa, que [inclui] problemas econômicos, climáticos, terremotos, agitação social etc. Não é dessa crise que estou falando, embora eu acredite que ela esteja aumentando”.

A segunda categoria de crise, a qual Bickle se refere, está relacionada à profecia de Davi sobre o que pode ser visto nos dias atuais. “Haveria um tempo, disse Davi há 3.000 anos, em que os reis da terra trabalhariam juntos para tirar a influência da Palavra de Deus da cultura”, avalia.

“Isso parecia inconcebível 3.000 anos atrás”, continua. “Os reis da terra trabalhando juntos? Eles nunca trabalham juntos. Eles podem até fazer tratados e acordos, mas normalmente, eu suponho, assim que o tratado é feito, eles voltam para casa, para sua equipe e seu gabinete. E eles tentam driblar o acordo em seu proveito”.

Bickle destaca o texto de Salmos, que diz que os governantes da terra conspiram unidos para “romper os laços” de Deus e “sacudir as suas algemas”, mostra o quanto os reis iriam descrever a Palavra de Deus de forma negativa. 

“Eles vêem a Palavra de Deus como uma escravidão. Eles vêem que a Palavra de Deus está inibindo o potencial humano. Eles querem quebrar os laços de Deus — o que é arcaico, os antigos valores bíblicos — e tirá-los de uma sociedade”, explica o pastor.

Fonte: Guiame

Nenhum comentário

Postar um comentário