Apologista cristão responde relatos sobre OVNIs: “Teologicamente, ETs não existem”

Nenhum comentário
Apologista cristão responde relatos sobre OVNIs: “Teologicamente, ETs não existem”

O apologista cristão Ken Ham rejeitou o relato do Pentágono sobre OVNIs (objetos voadores não identificados), vistos por aeronaves militares, serem indício de que exista vida alienígena inteligente fora da Terra.

O fundador e CEO da organização apologética Answers in Genesis, em seu blog, alertou que as pessoas não deveriam ser "enganadas pelo exagero”.

"Quando você começa com a Palavra de Deus, pode dizer com segurança que não há seres inteligentes em outros planetas. Veja, Deus formou a Terra para ser habitada (Isaías 45:18), não Marte, Vênus ou algum outro planeta distante,” afirmou Ken.

De acordo com o apologista, teologicamente, extraterrestres não podem existir e não existem.

“Quando Adão pecou, ​​seu pecado afetou toda a criação (Romanos 8:22). Jesus veio como o último Adão para salvar aqueles da raça de Adão que se arrependessem e cressem. Se houvesse alienígenas inteligentes lá fora, eles sofreriam os efeitos do pecado, mas não puderam ser salvos porque Cristo morreu pela humanidade, não pelos extraterrestres (1 Pedro 3:18; Hebreus 9: 27-28, 10:10)”, explicou Ken.

Para o teólogo, apesar do relatório inédito do Pentágono sobre OVNIs, que será divulgado neste mês, conter alguns mistérios não solucionados, o documento não trará provas substanciais da existência de alienígenas como a organização militar vem afirmando.

"Os secularistas que rejeitam a Deus e acreditam na evolução naturalista desejam muito que a vida inteligente seja encontrada em outro lugar do universo, pois acreditam que isso justificará sua religião da evolução! Mas eles não a encontrarão: ela não está lá para ser encontrada", afirmou Ken Ham.

Em 2014, Ham criticou os esforços da NASA em procurar vida extraterrestre. Na época, o apologista declarou que os cientistas seculares não conseguiam aceitar que a Terra e a humanidade fossem únicas, conforme a Bíblia ensina.

Fonte: Guiame

Nenhum comentário

Postar um comentário