Fundador da Hillsong, Brian Houston é acusado de comportamento inadequado com duas mulheres; com uma delas ele estava bêbado

Nenhum comentário
Fundador da Hillsong, Brian Houston é acusado de comportamento inadequado com duas mulheres; com uma delas ele estava bêbado

Uma carta vazada enviada aos membros da Hillsong afirma que o fundador Brian Houston violou o código de conduta pastoral da igreja depois que duas mulheres alegaram que Houston teve um comportamento inadequado.

O Conselho Global da Hillsong enviou a carta aos membros da Hillsong após uma videoconferência entre o pastor sênior global interino Phil Dooley e 800 membros globais sobre as ‘indiscrições’ de Houston entre 2013 e 2019.

“Infelizmente, lidamos com duas queixas feitas contra o pastor Brian nos últimos 10 anos”, disse o conselho.

“Pedimos desculpas sem reservas às pessoas afetadas pelas ações do pastor Brian e nos comprometemos a estar disponíveis para qualquer assistência adicional que possamos fornecer”.

A carta, que vazou para a ABC News Australia, alega que Houston enviou mensagens de texto “inapropriadas” para uma ex-funcionária.

Dooley, que ficou emocionado durante a reunião, disse que a mensagem de Houston foi na linha de “‘Se eu estivesse com você, gostaria de beijá-la e acariciá-la’, palavras dessa natureza”.

Ele acrescentou que Houston na época estava “sob a influência de comprimidos para dormir, dos quais ele desenvolveu uma dependência”.

“Ele imediatamente se desculpou com a pessoa”, disse Dooley. “Também trabalhamos com o pastor Brian para garantir que ele recebesse ajuda profissional para eliminar sua dependência desse medicamento, e isso foi alcançado com sucesso”.

A funcionária, que se demitiu depois de receber essas mensagens de Houston, fez uma reclamação ao gerente geral da Hillsong, George Aghajanian.

Depois de se demitir, a mulher não conseguiu encontrar trabalho fora da Hillsong, então Houston a compensou com “alguns meses de salário” do próprio bolso.

“O pastor Brian disse: ‘Quero pagar pessoalmente porque foi minha culpa’, porque foi uma indiscrição pessoal”, disse o pastor Dooley.

O segundo incidente ocorreu em 2019, quando Houston passou quase uma hora com outra mulher dentro de um quarto de hotel. Na época, Houston estava bebendo com outras figuras da Hillsong durante sua conferência anual na Qudos Bank Arena em Homebush, Nova Gales do Sul.

“Mais tarde naquela noite, o pastor Brian tentou entrar em seu quarto, mas não tinha a chave do quarto e acabou batendo na porta do quarto da mulher”, observou Dooley.

A mulher, que não era membro da Hillsong, abriu a porta e deixou Houston entrar.

“A verdade é que não sabemos o que aconteceu em seguida”, continuou Dooley. “A mulher não disse que houve atividade sexual. Brian disse que não houve atividade sexual, mas ele ficou lá por 40 minutos.”

Após uma investigação sobre o incidente, o conselho descobriu que Houston “ficou desorientado … após o consumo de medicação anti-ansiedade além da dose prescrita, misturada com álcool”.

“Em última análise, o conselho descobriu que Brian havia violado o Código de Conduta do Pastor Hillsong”, disse o conselho.

Em resposta, Houston pagou a taxa de conferência da mulher e devolveu sua doação “Kingdom Builder”. O fundador da Hillsong também prometeu tirar três meses de folga do ministério e se abster de álcool, mas “ele não cumpriu isso”, disse Dooley.

“Ele conduziu algum ministério, creio eu, em três ocasiões distintas… e também, como diria, consumiu um pouco de álcool”, acrescentou.

Dooley também rejeitou as alegações de encobrimento dos incidentes, afirmando que o conselho os tratou “apropriadamente sob as circunstâncias das informações que lhes foram dadas e com o desejo de ver Brian saudável”.

Durante a reunião, Dooley enfatizou a importância de estender a graça de Cristo em vez de expor alguém. Ele também enfatizou que qualquer pessoa que frequenta a Hillsong deve se sentir segura e não deve ter medo de enfrentar “qualquer forma de abuso ou assédio”.

“Lamentamos profundamente por essas vítimas e pelo que elas tiveram que passar e pelo que tiveram que suportar”, disse ele.

Dooley reconheceu que Houston “cometeu erros significativos” e pediu orações pela família Houston neste momento.

“Lamentamos profundamente por essas vítimas e pelo que elas tiveram que passar e pelo que tiveram que suportar”, disse ele. 

“Reconhecemos que o pastor Brian cometeu erros significativos… também queremos orar pelo pastor Brian e por Bobbie [sua esposa] e a família, porque há muita dor associada a isso. 

“O pecado é confuso e traz todo tipo de dor”. 

No início deste ano, Houston deixou o cargo de líder global da Hillsong para contestar uma acusação criminal de ocultação de abuso sexual infantil de seu pai.

As notícias recentes se somam a uma linha de escândalos vistos na Hillsong nos últimos anos.

Fonte: Folha Gospel com informações de Christian Headlines

Nenhum comentário

Postar um comentário